Depoimento – Cris Bicudo

Sou Cris Bicudo, formada em Jornalismo (Comunicação Social na FIAM/FMU em 1997), surda de nascença e oralizada. Nasci em 1975 já com perda auditiva severa a profunda. Comecei a usar aparelhos auditivos com um ano e meio de idade e a fazer terapia com a fonoaudióloga Anna Maria Jensen. Assim, com dois anos eu já estava começando a “falar”. Trabalhei em algumas empresas multinacionais, adquirindo mais experiência e mostrando a importância da comunicação dentro de um ambiente profissional. Fui assessora de um político na Câmara Municipal de São Paulo. Já enfrentei diversas situações inusitadas e sei que terei muitas outras, encarando-as sempre com leveza e muito jogo de cintura. 

Sou escritora e autora do livro biográfico: “Quem é essa Tagarela?”.

Depois de morar sozinha um ano em Paris, ao voltar ao Brasil início de 2019, eu me deparei com uma nova realidade… o rápido crescimento dos surdos oralizados e, em conjunto, com a evolução das tecnologias dos últimos anos. Mas ainda há um longo caminho pela frente… pois o que mais me chamou a atenção, foi em como as pessoas começaram a desvalorizar um pouco os aparelhos auditivos, em relação aos IC (Implante coclear). Eu, sem dúvida, tenho interesse sim, nos ICs e pretendo um dia fazer essa transição. 

No entanto, eu tenho muito a agradecer e valorizar os AASI, pois foi graças a eles que me foi possível, assim como, com certeza a muitas outras pessoas antes do avanço do IC (e hoje, penso na importância de mostrar isso para as pessoas que sofrem de alguma perda auditiva ao longo de sua vida e principalmente aos idosos) a entrarem no mundo sonoro. Claro que também destaco a importância do diagnóstico precoce, assim como a reabilitação auditiva que deve que ser iniciada cedo e muito bem aproveitada.  Posso dizer que fui muito abençoada nessa parte. Tive apoio e amor da minha família, juntamente com o trabalho de uma fonoaudióloga incrível, com quem tenho uma relação de carinho e amor até hoje.

E sempre com respeito, pois todos da minha família sempre encararam com naturalidade a minha surdez e eu nunca ouvi nada de pejorativo da parte da ninguém em relação aos aparelhos auditivos. A maioria das vezes, quando acontecia, vinha de alguém de fora, como um coleguinha ou alguém desconhecido. Penso que isso acontecia por falta de informação ou de conhecimento e é por isso que considero importante mostrar o meu lado da história através da minha Biografia. 

Cada caso é um, pois sempre vai depender da atitude principalmente da própria pessoa que estiver usando os aparelhos. Nunca desejei me comparar com os outros, mas gostaria de mostrar a importância da família que foi a minha base de força e amor para enfrentar o mundo afora, da maneira de como encarei as diversidades da vida, de mostrar os desafios por quais caminhei e ao mesmo tempo de desmistificar a ideia de limitação que cerca os deficientes. A primeira vez que me pediram para escrever um livro, foi quando eu participei do II Simpósio Internacional de Audiologia, a pedido dos estudantes de fonoaudiologia. Na época eu tinha apenas 14 anos de idade e não tinha ideia da repercussão que iria ter a minha participação no evento.  

Eu sempre me considerei uma adolescente normal, como qualquer outra, na minha idade e estava na sétima série do ginásio, tinha várias amigas e conto tudo isso no meu livro.

Acredito que tudo é possível, pois eu sou “pré-lingual”, ou seja, por ser surda de nascença eu não tenho “memória auditiva”, que só foi adquirida quando comecei a usar os aparelhos. O engraçado, é que em setembro de 2015, eu participei de um curso de especialização de fonoaudiologia e soube pelos fonoaudiólogos profissionais que eu tenho “características” de ser pós-lingual, somente pelo fato de eu falar muito bem.

Talvez seja por isso que eu dê muito valor à comunicação, que faz parte do ser humano e que nos auxilia a criar pontes entre as pessoas. 

Meu livro está disponível no site da editora:  https://primaveraeditorial.com/produto/quem-e-essa-tagarela/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: