O QUE É CERA DE OUVIDO?

Quem nunca falou que “cera de ouvido é sujeira” ou “é nojenta” que atire a primeira pedra!

E, para quem ainda não sabia, a cera de ouvido realmente não é sujeira e, muito menos,  nojenta. Ela existe porque tem um papel muito importante para os nossos ouvidos!

Vamos ver, então, o que ela é?

Também denominada de cerúmen, a cera de ouvido é uma substância produzida pelas glândulas sebáceas e sudoríparas modificadas com a finalidade de recobrir a fina pele do terço externo do conduto auditivo. Possui funções importantes, como:

• proteção, evitando a entrada de água ou outras substâncias nocivas, insetos e corpos estranhos (poeira, areia) que podem causar danos locais e à membrana timpânica ao fundo;

• hidratação da pele, evitando o ressecamento e descamação;

• produção de substâncias de defesa, evitando inflamações e infecções (otites).

Existem vários tipos de cera e, curiosamente, isto é geneticamente determinado. Outra curiosidade é que a cera de ouvido tem sido usada para rastrear a migração humana antiga.

Em um estudo publicado pelo jornal Nature Genetics, os pesquisadores afirmam que caucasianos, os africanos e os seus descendentes apresentam um padrão de produção de uma a  consistência da cera de ouvido varia conforme o clima. Os habitantes da Ásia apresentam uma cera mais seca, enquanto os habitantes da África e da Europa apresentam uma cera mais espessa e  viscosa.

Curiosidades à parte, o maior dilema está relacionado, há muitos anos, à maneira de como remover a cera do ouvido. E a criatividade é tamanha. Muitos têm se empenhado a descobrir a melhor técnica e o melhor instrumento, indo de hastes flexíveis, grampos, até equipamentos engenhosamente fabricados para esse fim.

A grande verdade é que os nossos ouvidos são autolimpantes. Existe um mecanismo próprio e natural de produção e expulsão da cera. Ficou surpreso! Pois é, quando comemos ou falamos,  os movimentos da articulação têmporo-mandibular provocam movimentos no conduto auditivo que empurram a cera para fora. E, quando ocorre o seu acúmulo levando à obstrução do conduto auditivo, na maioria das vezes, é devido à introdução de objetos que vão empurrando a cera para o fundo, o que não permite a expulsão espontânea da mesma. 

Então,  qual a forma correta de limpeza dos ouvidos? 

Apesar de muitos acharem que é introduzindo hastes flexíveis, ou outro instrumento qualquer,  a verdade é que você jamais deve introduzir alguma coisa dentro do seu ouvido para remover a cera. Acredite: isto é mais prejudicial do que você imagina! 

Use apenas um pedaço de algodão, pano ou toalha macia e limpe a cera que estiver na entrada do seu ouvido,  na porção mais externa do conduto auditivo. 

Lembre-se: se, em algum momento,  você sentir seu ouvido tampar, procure sempre um Otorrinolaringologista. Não tente remover a cera por conta própria, porque o risco de lesionar as estruturas é muito grande. O especialista possui os equipamentos e a técnica mais adequada para fazer a remoção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: