Você sabe o que é Tecnologia Assistiva e Sistema FM?

Tecnologia Assistiva é a terminologia, razoavelmente recente, utilizada para identificar um arsenal de Recursos e Serviços que contribuem para proporcionar, ou, ampliar habilidades funcionais de pessoas com deficiência, com o propósito de  promover Vida Independente e Inclusão. Pode ser também definida como “uma ampla gama de equipamentos, serviços, estratégias e práticas concebidas e aplicadas para minorar os problemas encontrados pelos indivíduos com deficiências” (Cook e Hussey • Assistive Technologies: Principles and Practices • Mosby – Year Book, Inc., 1995)

O objetivo da Tecnologia Assistiva é Proporcionar à pessoa com deficiência maior independência, melhor qualidade de vida, acessibilidade para sua inclusão social, por meio da ampliação de sua comunicação, mobilidade, controle de seu ambiente, habilidades de seu aprendizado, trabalho e integração com a família, amigos e sociedade.

Para o indivíduo com deficiência auditiva, usuário de aparelhos auditivos ou implantes cocleares, a tecnologia assistiva é essencial, para garantir uma recepção sonora de qualidade, com menor esforço auditivo, favorecendo a aprendizagem.

O ambiente educacional, por si só é, em geral, um ambiente de escuta muito desafiador. As salas de aulas são grandes, reverberantes e com ruídos competitivos, que os tornam acusticamente desfavoráveis, sobretudo para uma pessoa que tenha problemas auditivos. As tecnologias assistivas são opções muito valiosas para essas situações. Um dos recursos auxiliares mais modernos para o ambiente escolar é o sistema FM.

O Sistema FM é uma tecnologia que auxilia a compreensão de fala, indicado para situações de ruído e à distância. Formado por microfone e receptor, capta a fala e envia diretamente para os aparelhos auditivos ou implantes cocleares. 

Isso torna a recepção de fala e a comunicação muito mais fáceis, eliminando a condição de esforço auditivo, potencializando todos os benefícios que a amplificação oferece, além de fornecer uma experiência auditiva muito mais completa.

O uso Sistema FM, suas indicações e as inovações.

O ambiente educacional, por si só é, em geral, um ambiente de escuta muito desafiador, por aparentar uma relação sinal x ruído desfavorável, em que muitas vezes o sinal de fala é mais fraco do que o ruído ambiental. As salas de aulas são grandes, reverberantes e com ruídos competitivos, o que as tornam acusticamente desfavoráveis, para a escuta s compreensão de fala. 

Esse tipo de ambiente leva o indivíduo ao esforço auditivo e, muitas vezes à fadiga auditiva, comprometendo o processo de aprendizagem. Sobretudo, quando trata-se de crianças que tenham problemas auditivos, para as quais essas condições são ainda mais limitantes.

Entretanto, é preciso ressaltar que existem muitos outros ambientes e situações tão desafiadoras ou mais, que o ambiente escolar, para pessoas com deficiência auditiva, usuárias de próteses auditivas ou implantes cocleares, sejam elas, crianças, jovens, adultos ou idosos, que comprometem muito sua participação em atividades das mais diversas. 

O uso de tecnologias assistivas são opções muito valiosas nesses casos, para que o indivíduo com deficiência auditiva possa lidar melhor com essas situações limitantes. 

Um dos recursos auxiliares mais modernos e indicados para o ambiente escolar, familiar, social  e também profissional é o sistema FM.

Sistema FM  Roger 

O sistema Roger é um dos tipos de  tecnologia assistiva, que auxilia muito na compreensão de fala, tanto no ruído, como à distância. Composto por microfone e receptor, capta a fala do ambiente e envia diretamente para os receptores Roger X acoplados ou inseridos nos aparelhos auditivos ou implantes cocleares. 

O receptor recebe o sinal e transfere para o circuito do aparelho auditivo, além de  monitorar o nível de ruído ambiental,  onde o usuário está e transmite essa informação  ao microfone.

O microfone, por sua vez, ajusta o volume da voz/fala, de forma que ela ultrapasse a intensidade do ruído.

As duas partes do Sistema Roger trabalham em conjunto, para garantir que o volume da fala seja sempre, mais intenso que o ruído do ambiente, melhorando assim a relação sinal/ruído. Isso permite entregar o sinal de fala limpo, sem interferências e num volume favorável, para a compreensão de fala, eliminando o esforço auditivo.

Isso torna a recepção de fala e a comunicação muito mais fáceis, eliminando a condição de esforço auditivo, potencializando todos os benefícios que a amplificação oferece, além de fornecer uma experiência auditiva muito mais completa.

O Sistema Roger apresenta-se com diferentes versões de microfones, com funcionalidades e indicações diferentes – Roger Focus, Roger Touch Screen, Roger Pen e Roger Select, com indicações diferentes.

Por ser um sistema de alta performance, tem alcance que varia de 20 metros, para microfone de adulto, a 50 metros, para microgeração para crianças. 

Esse sistema apresenta as vantagens de um microfone com  feixe direcional, mais estreito, que permite um maior alcance sem intermitência do sinal.

Roger Focus

O Roger Focus é uma das tecnologias assistivas, que auxilia a criança com transtornos de processamento auditivo central, dificuldades de concentração aos sons de fala, em sala de aula e em situações desafiadoras de aprendizagem.

Crianças com transtorno do processamento auditivo (TPA), apresentam dificuldade nas tarefas  que exigem de concentração no que está sendo dito. Uma vez que há esforço do cérebro para perceber os sons da fala, ouvir e responder de acordo com as palavras do interlocutor, entender o que é dito em meio a outras informações pode representar um grande desafio. Como resultado, elas distraem-se facilmente, o que compromete sua aprendizagem.

Esse desafio da concentração torna-se ainda mais difícil na presença de ruído de fundo, tal como no ambiente escolar. 

Essa situação traz muita frustração, porque a capacidade de concentrar-se  em sala de aula é fundamental para a aprendizagem e desenvolvimento de uma criança.

Roger Focus

Roger TouchScreen 

O microfone mais indicado para crianças é o Roger TouchScreen, pela sua maior facilidade de manuseio, tela mais amigável, multi funcional e intuitiva e maior alcance e autonomia de energia 12h.

Roger Pen e Roger Select 

Essas duas versões são mais indicadas para jovens e adultos pela sua aparência moderna e suas funcionalidades. 

O Roger Pen é uma versão de microfone sem fio, com um apelo estético e design moderno, além  de ter conectividade BT.

Independentemente da marca do aparelho auditivo ou implante coclear, existe um receptor Roger.

Roger Pen

O Roger Select é mais uma inovação e pertence ao novo mundo de sistemas FM, que realizam a transmissão wireless.  

Ele é um microfone externo, que se diferencia por ser o único com o recurso inovador da MultiBeam Technology e por combinar múltiplos microfones em seis direções. 

Roger Select

Essa tocologia foi especificamente projetado para ajudar a melhorar o desempenho auditivo do usuário de aparelhos auditivos ou implantes cocleares,  permitindo que ouçam, independentemente do ponto de origem da voz, o que o mantém como se estivesse sempre no centro da conversa.

Seu diferencial é oferecer a possibilidade de organização de seis microfones em rede, que se ajustam automaticamente, quando há várias pessoas falando ao mesmo tempo. 

Por exemplo, quando o Roger Select é posicionado no centro da mesa, (ou no centro da conversa) é capaz de selecionar a voz do interlocutor de forma rápida, sutil e automática, alternando de um interlocutor para outro, sem interrupções no sinal.

Por ser um microfone móvel, aumenta o campo de escuta do paciente, que tem o controle da comunicação ao posicioná-lo  onde lhe for mais conveniente. Isso otimiza os benefícios das próteses auditivas e aumenta suas possibilidades de ouvir.

Esse tipo de microfone sem fio é classificado dentro da categoria premium, sendo uma tecnologia assistiva de uso pessoal, que apresenta protocolo de adaptação e tratamento específicos para fala.

Quem são os candidatos ao uso  dessas tipo  tecnologia? 

Todas as pessoas que necessitam ouvir melhor, em ambientes abertos. 

Pacientes sem perda auditiva ou com perda mínima, sem benefícios com AASI, e deficientes auditivos usuários de próteses auditivas ou implantes cocleares podem beneficiar-se do sistema FM.

  • Pessoas com perda mínima de audição, sem benefícios com AASI  têm indicação para Roger Focus 
  • Pessoas com dificuldades de compressão em ambientes desafiadores com relação sinal ruído desfavorável.
  • Adultos  com perda auditiva moderada ou perda auditiva unilateral.
  • Criancas em desenvolvimento (aula on-line e presencial que sofrem com as barreiras para transmissão do sinal de fala 
  • Pacientes que usam implantes cocleares 
  • Pacientes com perda severa profunda, desde que não tenham muito comprometimento nos scores de IPRF.
  • pacientes com perdas moderadas também têm indicação 

Qual o perfil do cliente candidato ao uso desse tipo de tecnologia?

  • Pacientes que apresentam queixas  relacionadas com compreensão de fala em ambiente aberto 
  • Pacientes bem adaptados com aparelhos auditivos, mas que não estão completamente satisfeitos 
  • Pessoas com estilo de vida mais ativa, que participam de reuniões, cursos e congressos, palestras, viagens, atividades culturais e sociais,etc
  • Pessoas que vêm sofrendo mais na comunicação, com as barreiras da pandemia, por consequência do uso  da máscara e do distanciamento 
  • Pessoas que sofrem mais impacto na comunicação com a limitação de alcance dos aparelhos auditivos, que estão “presos” na orelha e isso compromete a recepção (para distâncias a mais de 1,30)

Quais os principais Benefícios?

1- Ouvir melhor em diversas situações

  • no ambiente de trabalho 
  • em reuniões de família
  • na TV
  • conectado ao computador ou outros dispositivos eletrônicos com bluetooth 

2- Redução do esforço auditivo para participação em atividades laborais, familiares, sociais e de lazer. 

3- Melhor recepção do sinal de fala, com uma resolução clara sem interferência dos fatores de distância e ruído, o que  diminui todo o esforço de escuta.

4 – Melhoria da resolução de fala na comunicação em grupo. 

5-  Maior autonomia na situação de trabalho 

6- Aumento do nível de participação em situações de comunicação. 

Proporcionando novos caminhos para a compreensão

Foi cientificamente comprovado que o Roger melhora 62% a compreensão de fala no ruído e à distância para os usuários de aparelhos auditivos, se comparado com as pessoas sem perda auditiva. Saiba mais sobre essa pesquisa científica em – The American Journal of Audiology. Volume 23, 201-210. (Professor Thibodeau, Linda, PhD, junho de 2014).

É importante que todos nós, profissionais da saúde, fonoaudiólogos, educares, terapeutas e familiares estejamos atentos e abertos à indicação e orientação para o uso da tecnologia assistiva, de forma que  possamos proporcionar à pessoa com deficiência maior independência, melhor qualidade de vida e acessibilidade para sua inclusão social, por meio da ampliação de sua comunicação e habilidades de seu aprendizado, seja no ambiente escolar, no trabalho ou na integração com a família, amigos e sociedade.

Para o indivíduo com deficiência auditiva, usuário de aparelhos auditivos ou implantes cocleares, a tecnologia assistiva é essencial, pois garante uma recepção sonora de qualidade, sem esforço e favorecendo a aprendizagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: