Planos de saúde: Como funciona a cobertura de cirurgia de Implante Coclear?

Entre os candidatos à cirurgia de implante coclear, uma das dúvidas mais comumente feitas é relacionada à cobertura, pelas operadoras de saúde, desse procedimento cirúrgico. A dúvida está relacionada ao valor desse procedimento – que pode passar de R$ 100.000,00 (cem mil reais).
Em primeiro lugar, é importante destacar que a referida cirurgia, considerada como uma das que mais trazem qualidade de vida ao paciente, está inclusa na cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde. Essa cobertura é periodicamente revista pela Agência Nacional de Saúde (ANS) e pode ser consultada no chamado Rol de Procedimentos.

Tipos de perda auditiva

Ao contrário dessas situações de dificuldade auditiva temporária, a perda auditiva é permanente, causada por alguma lesão nas vias auditivas, e ocorre quando perdemos total ou parcialmente a habilidade de ouvir, variando em grau e intensidade. Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), a audição normal permite ouvir sons de até 25 decibéis ou mais baixos nos dois ouvidos; abaixo desse limiar, já se considera uma perda auditiva.

Binauralidade: O que é e sua importância para o desenvolvimento de linguagem

A binauralidade nada mais é do que o input auditivo que chega para as duas orelhas, mas além disso, ela também envolve a capacidade do sistema auditivo nervoso central (SNAC) em somar, analisar e integrar estas informações para que posteriormente ocorra o processamento auditivo binaural, facilitando a compreensão de diferentes sons. Com isso o indivíduo estará apto a se comunicar em ambientes com diferentes fontes sonoras, mesmo com ruído excessivo, e possibilita uma comunicação eficiente.
Quando há perda auditiva, os mecanismos binaurais, necessários para o desenvolvimento auditivo e de linguagem, não acontecem, e por isso interferem no aprendizado e desenvolvimento de linguagem oral, no caso de crianças. Quando a privação sensorial passa dos 4 anos de idade o SNAC entende que não é necessário desenvolver habilidades auditivas, e com isso acaba por se tornar “expert” em outras, como por exemplo, tátil ou visual. É a teoria da compensação, na qual o cérebro acaba utilizando o córtex auditivo para receber outros inputs.

A importância do uso dos protetores durante atividades aquáticas

Quem nunca entrou no mar, piscina, cachoeira e até mesmo durante o banho e teve  aquela sensação desagradável de água nos ouvidos? O que pouca gente sabe é que esse  incômodo pode ser um sinal de alerta e a prevenção é fundamental.

Reabilitação Auditiva Aurioral na criança: o que é e porque realizar?

A deficiência auditiva é uma alteração sensorial que acomete cerca de 466 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo que deste total, 34 milhões são crianças (OMS, 2020). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) esse número só tende a aumentar. Estima-se que em 2050, mais de 900 milhões de pessoas terá deficiência auditiva. 

Implante Coclear e Ressonância Magnética, esportes, sistemas de segurança e outras situações especiais

Esse  artigo foi preparado com muito carinho, nele eu vou te ajudar com dicas e orientações bem práticas, nas principais situações que merecem cuidados especiais, para o usuário de implante coclear.

AVALIAÇÃO OBJETIVA NO IMPLANTE COCLEAR

As medidas de avaliação objetiva do implante coclear têm por finalidade: Avaliar a integridade e o funcionamento do dispositivo interno; Obter a resposta do nervo auditivo e/ou da via auditiva frente estimulação elétrica; Auxiliar na programação/mapeamento do processador de fala. Testes usados na rotina clínica: Telemetria de Impedância; Potencial de ação composto eletricamente evocado doContinuar lendo “AVALIAÇÃO OBJETIVA NO IMPLANTE COCLEAR”