Surdez: do diagnóstico às minhas descobertas pessoais e profissionais

Sobre mim Meu nome é Giovanna Borges Rodrigues, sou de Araguari-MG, tenho 23 anos, nasci com perda auditiva profunda bilateral e meus pais não sabiam que eu tinha este problema. Até que no momento em que eu tinha seis meses de idade, eles começaram a perceber que eu não escutava bem e imediatamente a minhaContinuar lendo “Surdez: do diagnóstico às minhas descobertas pessoais e profissionais”

Relato de experiência de uma enfermeira deficiente auditiva com implante auditivo

Sou Taiane Emyll, Enfermeira formada pela Universidade Estadual do Ceará, com Pós graduação em Enfermagem Cardiovascular e Hemodinâmica, atualmente trabalho como Enfermeira assistencial de posto cirúrgico em um hospital particular de Fortaleza. Tenho perda auditiva neurossensorial profunda no ouvido direito devido a meningite aos 4 anos de idade e perda moderada condutiva no ouvido esquerdo desde 24 anos devido a otites (infecções no ouvido) de repetição. E desde meus 28 anos sou usuária de implante auditivo ancorado ao osso bilateral.

Do outro lado da mesa: Como a fonoaudiologia mudou minha vida

Olá, leitor! Meu nome é Gabriel, tenho 24 anos e sou surdo oralizado, ou seja, nasci ouvinte e em algum momento da minha vida desenvolvi a surdez. Isso aconteceu em 2017, quando eu tinha 19 anos. Tive uma surdez súbita, literalmente dormi ouvindo e acordei surdo. Nessa época eu cursava Direito e nem imaginava oContinuar lendo “Do outro lado da mesa: Como a fonoaudiologia mudou minha vida”

Ei, sou surda sim!

Quando finalmente recebi o diagnóstico de Perda Auditiva Bilateral Neurossensorial Simétrica Idiopática. Simétrica porque a perda é igual em ambos os ouvidos e idiopática por ser de causa desconhecida. Na época eu não sabia exatamente o que tudo isso significava. Lembro de chegar em casa e contar aos meus pais que logo disseram que os médicos (uma junta médica de especialistas) estavam equivocados e que eu estava fingindo, e possivelmente forjei os exames, como se isso fosse de fato possível. Agora em 2021 descobri finalmente a causa da minha surdez, depois de realizar o exame de Eletrococleografia foi identificado que tenho a doença de Meniérie, o que torna a minha surdez progressiva.

Livro Meu Primeiro Aparelho Auditivo

Sinopse: Um livro que tem objetivo a sonância do amor. A personagem Bella, uma criança com o receio de não aceitação em função do uso do aparelho auditivo, ela recorda de experiências pessoais e com ajuda de sua mãe, ela tem uma visão diferente sobre a aceitação do seu AASI. Baixe gratuitamente 😉

Projeto ParaSurdoVer

O projeto ParaSurdoVer tem como objetivo promover a doação de máscaras inclusivas para os atendentes e funcionários de estabelecimentos que lidam com a população, com o objetivo de atingir os deficientes auditivos, permitindo a eles uma melhor intercomunicação e acessibilidade, consequentemente, promovendo a inclusão social.

Inclusão no Ambiente de Trabalho – Depoimento Paola De Marco

Fui convidada para a difícil missão de escrever sobre minha experiência na posição de comando de uma jovem promissora profissional portadora de deficiência auditiva, que hoje, é também uma grande e querida amiga.

Perda súbita – um mal silencioso – Minha história

Como muitos sabem, sou surda ou deficiente auditiva. Perdi minha audição com 8 anos, foi uma perda súbita que não sabemos como ocorreu, lembro vagamente de passar dias no hospital, fazer vários exames e ir em várias consultas. O diagnóstico foi perda bilateral severa e profunda. A causa? Desconhecida. A solução? Aparelho Auditivo. Desde entãoContinuar lendo “Perda súbita – um mal silencioso – Minha história”