Página inicial

Bem-vindo ao Cocleativa

O site que te mantém informado sobre as novidades do mundo da surdez!

E-BOOK GRATUITO
Download gratuito

TURMA DO IMPLANTE COCLEAR
Download gratuito
E-BOOK ZUMBIDO NO OUVIDO
Download gratuito
LIVRO: MEU PRIMEIRO APARELHO AUDITIVO
Download gratuito



Baixe gratuitamente

Ebook: O que a escola precisa saber sobre o Implante Coclear

Como fonoaudióloga e mãe de uma criança usuária de implante coclear, resolvi elaborar este ebook com o objetivo de auxiliar as escolas no processo de inclusão de crianças implantadas, visto que o ambiente escolar é muito importante no processo de desenvolvimento da linguagem infantil.

LABIRINTITE

Quantas pessoas você já ouviu dizer que tem labirintite, ou que tem crise de labirintite… 

Mas você sabia que a labirintite é uma doença rara? E que muitas vezes a origem da sua tontura pode não estar no sistema vestibular e tão pouco no labirinto?

BENEFÍCIOS DO USO DO IMPLANTE COCLEAR E DO APARELHO DE AMPLIFICAÇÃO SONORA NA ORELHA CONTRALATERAL EM INDIVÍDUOS PÓS-LINGUAL

A deficiência auditiva é um problema prevalente na população mundial podendo afetar a personalidade e o convívio social, principalmente em adultos e idosos devidos ao isolamento social, depressão e reclusão (OYANGUREN et al., 2010; BITTENCOURT et al., 2012;).

A utilização do aparelho de amplificação sonora individual (AASI) em indivíduos com deficiência auditiva de grau severo ou profundo geralmente tem poucos benefícios, em virtude da pouca informação auditiva que recebem decorrente da extensa lesão coclear (BANHARA et al., 2004). A comunicação desses indivíduos pode ser limitada, uma vez que não conseguem discriminar os sons da fala e compreender sentenças, são somente capazes de ouvir sons em alta intensidade, como: sinais de alarmes, sirenes etc. Portanto, nesses casos uma opção para aperfeiçoar as habilidades da audição e melhorar a comunicação é o implante coclear (IC) (OYANGUREN et al., 2010; BITTENCOURT et al., 2012;).

Habilitação de Implante Coclear em crianças não oralizadas

A audição é um dos sentidos mais primordiais para toda a vida e é muito importante para o desenvolvimento na primeira infância. A deficiência auditiva caracterizada pela perda total ou parcial da audição, influencia diretamente no desenvolvimento da criança, na qualidade e em todos os âmbitos da vida (emocional, psicológico, social e intelectual).

A importância do Fonoaudiólogo na cirurgia do Implante Coclear

O implante coclear (IC) é o tratamento mais adequado para a reabilitação da perda sensorioneural severa e profunda bilateral que não apresenta mais benefícios com o Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI). Para a adequada percepção sonora é importante a programação de cada eletrodo para que os níveis mínimos e máximos de estimulação elétrica em cada um deles ofereçam uma área dinâmica elétrica consistente.

O que é a Cóclea?

A cóclea é um órgão que tem a forma de um canal em espiral, semelhante à concha de um caracol. Está localizada na região da orelha interna, na porção anterior do labirinto, dentro do osso temporal do crânio.

Principais etiologias da perda auditiva

Em um paciente que chega no nosso consultório com perda auditiva do tipo neurossensorial, além do exame de audição –audiometria e/ou BERA, é realizada uma investigação das causas prováveis de surdez para tentar definir o aspecto de progressão dessa perda, além do grau de perda auditiva, e a necessidade de reabilitação, principalmente de forma maisContinuar lendo “Principais etiologias da perda auditiva”

Do outro lado da mesa: Como a fonoaudiologia mudou minha vida

Olá, leitor! Meu nome é Gabriel, tenho 24 anos e sou surdo oralizado, ou seja, nasci ouvinte e em algum momento da minha vida desenvolvi a surdez. Isso aconteceu em 2017, quando eu tinha 19 anos. Tive uma surdez súbita, literalmente dormi ouvindo e acordei surdo. Nessa época eu cursava Direito e nem imaginava oContinuar lendo “Do outro lado da mesa: Como a fonoaudiologia mudou minha vida”

Fonoterapia

Para a medicina, a surdez é sempre uma alteração orgânica, comumente ligada a um ou mais fatores lesivos que afetam o órgão da audição. ( Northen e Downs, 2005) Os sentimentos de revolta, negação, culpa, tristeza, solidão, apresentados pelos responsáveis, pós diagnóstico da surdez, podem ser modificados de acordo como eles interpretam a condição deContinuar lendo “Fonoterapia”

Diferenças entre o Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI) e Implante Coclear (IC)?

A perda auditiva pode trazer inúmeras consequências negativas para a qualidade de vida, uma vez que os indivíduos, pelas dificuldades de comunicação  enfrentadas, acabam por isolar-se do convívio familiar e social. E se essa perda  auditiva apresentar em um período mais precoce, como nas crianças, ela pode  interferir em todo o desenvolvimento de linguagem, daContinuar lendo “Diferenças entre o Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI) e Implante Coclear (IC)?”

“Tenho perda auditiva nos dois ouvidos, preciso de dois aparelhos auditivos?”

A audição é um dos sentidos primordiais por permitir ao ser humano estabelecer a relação com o que o cerca.  A audição natural ocorre de forma binaural, na qual o sujeito escuta naturalmente pelas duas orelhas, este processo auxilia o indivíduo a melhor localizar a fonte sonora e compreender melhor a fala no ruído. IstoContinuar lendo ““Tenho perda auditiva nos dois ouvidos, preciso de dois aparelhos auditivos?””

Processamento Auditivo Central

A audição é uma função sensorial importante para o desenvolvimento da linguagem e esta revela uma influência fundamental na comunicação oral e escrita (Terto, S. & Lemos, 2011). Ouvir vai além da simples detecção do sinal acústico, pois envolve circuitos de funcionamento neurais e sistemas cognitivos cruciais para decodificar, perceber, discriminar e analisar o som.Continuar lendo “Processamento Auditivo Central”

O que é um Processador Externo do Implante Coclear?

O componente externo do IC é usado geralmente atrás do pavilhão auricular  e incorpora um ou mais microfones que captam o som ambiente e convertem a  informação acústica num sinal analógico. Para além do microfone, o componente  externo é ainda composto por um processador que compacta, filtra e codifica o sinal  acústico num sinal elétrico capaz de estimular os neurónios do gânglio espiral. Os  processadores de som digital atuais utilizam uma conversão de analógico para  digital. O sinal processado, que contém padrões temporais e espaciais de  estimulação, é então codificado e enviado através de um transmissor transcutâneo  por sinais de radiofrequência para um receptor de sinal, localizado no componente  interno. O componente interno é implantado cirurgicamente de forma subcutânea atrás do pavilhão auricular e o receptor de sinal vai acionar a ativação dos elétrodos  intracocleares.

Perda Auditiva Condutiva

As perdas auditivas podem ser divididas em dois grandes grupos. Uma perda de audição pode ocorrer por uma alteração da cóclea e nervo auditivo, neste caso sendo chamada de perda auditiva sensorioneural. Mas também pode ocorrer por qualquer fator que atrapalhe a chegada do som até a orelha interna. Nesse caso, o problema está na condução do som, por isso a perda auditiva é chamada de condutiva ou de condução.

Treinamento auditivo para usuários de Aparelhos Auditivos e Implante Coclear

A perda auditiva do tipo sensorioneural (a que acomete a cóclea e causa um dano irreversível) está presente em 360 milhões de pessoas no mundo segundo o último dado de 2017 e sabe-se que com o declínio da idade esse número tem a tendência a aumentar, além de estar relacionado a quadros de problemas de comunicação, depressão e isolamento social quando não há adesão ao tratamento e estudos atuais correlacionam a perda de audição ocasionado pelo envelhecimento à demência. Como uma das formas de reabilitação da audição é necessário que indivíduos com perda auditiva sensorioneural utilizem dispositivos eletrônicos como aparelhos de amplificação sonora individual (AASI) e ou implante coclear de acordo com cada caso específico, grau e configuração da perda auditiva.

Zumbido e intolerância a sons

O trabalho do fonoaudiólogo no tratamento auditivo do zumbido e dos distúrbios de tolerância a sons é desafiador, mas ao mesmo tempo, muito gratificante. Dentre as opções para a intervenção, algumas ainda em estudo, dois pilares contribuem para o resultado: o aconselhamento e a terapia sonora.

Cuidados com os Aparelhos Auditivos

Para um bom funcionamento dos aparelhos auditivos e também uma durabilidade maior, é necessário que alguns cuidados e recomendações sejam seguidos. O uso inadequado e falta de limpeza, por exemplo, podem diminuir o tempo de vida útil dos aparelhos auditivos.

Algumas dicas para exercitar a memória auditiva

Também conhecida como memória ecóica, a memória auditiva faz parte de um dos registros sensoriais mais importantes da nossa vida. É a responsável pela soma de informações sonoras que as pessoas recebem auditivamente. Por isso, ela conta com uma extensa área de armazenamento e, mesmo sendo de curto prazo, é mais longa do que aContinuar lendo “Algumas dicas para exercitar a memória auditiva”

Imitanciometria

A imitanciometria é um exame realizado para avaliar as condições da orelha média. Esse exame deve ser realizado sempre, a menos que o indivíduo tenha algum impedimento relatado pelo médico. A imitanciometria é composta pela timpanometria e pela pesquisa dos reflexos acústicos estapedianos.

Diretrizes para prestação de serviços por Fonoaudiólogos em seleção e adaptação de aparelho de amplificação sonora individual

O Conselho Federal de Fonoaudiologia lançou oficialmente, na sexta-feira, 8 de abril, durante o 37º Encontro Internacional de Audiologia (EIA), um novo documento contendo diretrizes para a prestação de serviços por fonoaudiólogos em seleção e adaptação de Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI). Segundo o CFFa, o documento tem como objetivo orientar os fonoaudiólogos eContinuar lendo “Diretrizes para prestação de serviços por Fonoaudiólogos em seleção e adaptação de aparelho de amplificação sonora individual”

O QUE É MENINGITE?

Como o nome nos faz pensar, “meningite” é a inflamação nas meninges e no líquido que existe entre elas. Pode ter origem por bactérias ou vírus.  Felizmente, os casos de meningite causadas pelas bactérias mais comuns (Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenzae e Neisseria meningitidis), tiveram uma grande queda. Na década de 1990, o número de casosContinuar lendo “O QUE É MENINGITE?”

O que é memória auditiva?

Muitas crianças têm boas lembranças de eventos ou mesmo de pessoas que conheceram, mas podem ter dificuldades de acionar a memória daquilo que foi dito ou percebido auditivamente.  Chamamos de memória auditiva (ou ecoica) a capacidade de absorver informações que são apresentadas oralmente (em voz alta), processá-las, retê-las na mente e depois recordá-las.  A memóriaContinuar lendo “O que é memória auditiva?”

Proteja a sua audição: Saúde

Em 10 de novembro comemora-se o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez,  instituído pela Portaria de Consolidação MS nº 1/2.017, art. 527, com o propósito de educar,  conscientizar e prevenir a população brasileira para os problemas decorrentes da surdez.   O Relatório Mundial sobre Audição da Organização Mundial da Saúde (OMS), de 02Continuar lendo “Proteja a sua audição: Saúde”

Exames Auditivos

Quando uma pessoa precisa aumentar o som da TV para entender e ouvir melhor; quando pede, com frequência, para as pessoas repetirem o que foi dito; quando a mãe percebe que o bebê não reage aos sons ou quando está demorando a falar as primeiras palavras, etc. Todas essas situações levam muitas pessoas a buscarContinuar lendo “Exames Auditivos”

Implante Coclear – O que fazemos para minimizar os riscos relacionados ao procedimento cirúrgico?

A Organização Mundial da Saúde avalia que aproximadamente 10% da população mundial apresenta algum tipo de surdez. No Brasil, em torno de 15 milhões de pessoas são afetadas e, entre elas, 350 mil têm surdez severa ou profunda. A cirurgia de implante coclear, indicada para essa, tem impacto na vida do paciente e de suaContinuar lendo “Implante Coclear – O que fazemos para minimizar os riscos relacionados ao procedimento cirúrgico?”

Entendendo os diferente níveis tecnológicos dos aparelhos auditivos

A escolha das características eletroacústicas nos aparelhos auditivos, é um dos pontos  primordiais no processo de adaptação dos mesmos, uma vez que o dispositivo que tem  mais recursos tecnológicos, poderá oferecer favorecimento para discriminação auditiva,  principalmente em ambientes ruidosos. Observa-se que a relação custo/benefício dos  aparelhos auditivos está diretamente associada à quantidade de recursos tecnológicos Continuar lendo “Entendendo os diferente níveis tecnológicos dos aparelhos auditivos”

Como funciona a audição?

A audição é um dos cinco sentidos sensoriais. Ela nos conecta ao mundo através dos sons.  Os seres humanos são capazes de perceber sons de frequências entre 20Hz e 20.000Hz. Os cães, por exemplo, detectam sons entre 15 Hz e 50 kHz.  O sistema auditivo humano é complexo. A orelha se divide em orelha externa,Continuar lendo “Como funciona a audição?”

A IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO PRECOCE DA SURDEZ

O cérebro de um bebê nasce imaturo e é uma máquina de aprendizagem! Passa por uma modelagem durante o desenvolvimento e recebe informações do ambiente, construindo seus circuitos neuronais e sinapses. Os sistemas sensoriais são a nossa porta de entrada, como a audição. A PLASTICIDADE NEURONAL é a capacidade do sistema nervoso de se reorganizarContinuar lendo “A IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO PRECOCE DA SURDEZ”

DISFUNÇÃO AUDITIVA NA TERCEIRA IDADE E COGNIÇÃO

Com o passar dos séculos, temos acompanhado uma elevação da expectativa de vida mundial. Mas não estamos apenas contando anos vividos, mas sim vivenciando um prolongamento do período economicamente ativo dessas pessoas que, a despeito de suas idades, mantém – e devem manter – sua vida social ativa nos âmbitos familiar, profissional e em comunidade.Continuar lendo “DISFUNÇÃO AUDITIVA NA TERCEIRA IDADE E COGNIÇÃO”

Manifestações do Transtorno do Processamento Auditivo Central nas escolas

As investigações sobre o Transtorno do Processamento Auditivo e suas manifestações no ambiente escolar, apontam grande interesse da comunidade científica, de profissionais de saúde, da educação e de pais e responsáveis, visto que alterações nas habilidades auditivas têm impacto em nossas atividades cotidianas, em especial no que se refere a comunicação e, é de fundamental importância para o sucesso acadêmico.Continuar lendo “Manifestações do Transtorno do Processamento Auditivo Central nas escolas”

A SURDEZ UNILATERAL

Há algum tempo a surdez neurossensorial unilateral não era totalmente valorizada por não causar sintomas tão aparentes, principalmente em crianças, porém sabemos que ocorrem várias implicações no dia a dia, tanto em adultos quanto em crianças. Destacamos a localização da fonte sonora, ou seja, saber de onde o som está vindo e também a discriminaçãoContinuar lendo “A SURDEZ UNILATERAL”

O quanto a saúde das nossas orelhas interfere na cognição?

Que o nosso funcionamento cognitivo é importante para efetuarmos tarefas do dia a dia e terá consequências, de uma forma geral, em todo o nosso desenvolvimento e desempenho como seres sociais e produtivos, isso já sabemos.  Mas o quanto a audição pode interferir na nossa cognição? Ao longo dos últimos anos, houve uma mudança significativaContinuar lendo “O quanto a saúde das nossas orelhas interfere na cognição?”

Fones In-Ears e a Saúde Auditiva dos Profissionais da Música

Para os profissionais da música a audição é o sentido mais valioso e se torna necessário o uso de medidas de proteção auditiva, alinhadas ao desempenho no palco. Dentre essas medidas mais avançadas de proteção auditiva, contamos com os monitores in-ears. Os monitores in-ears, são fones intra-auriculares, usados profissionalmente ​​por músicos, cantores e engenheiros deContinuar lendo “Fones In-Ears e a Saúde Auditiva dos Profissionais da Música”

PERDA AUDITIVA E COVID: O QUE SABEMOS ATÉ HOJE

Introdução: Em Dezembro 2019, os primeiros casos de Pneumonia de etiologia desconhecida foram reportadas em Wuhan, na China e avisados a Organização Mundial de Saúde. Poucos dias depois, em início de Janeiro 2020, um novo Coronavírus (19) foi identificado e os casos de acometimentos pulmonar grave chamados SARS-COV2 (Síndrome respiratória aguda grave causada pela Coronavírus).Continuar lendo “PERDA AUDITIVA E COVID: O QUE SABEMOS ATÉ HOJE”

Mapeamento do Implante Coclear

O implante coclear é um dispositivo eletrônico biomédico, biocompatível e durável,  desenvolvido para realizar a função das células ciliadas que estão danificadas ou não estão  presentes, transformando a energia sonora em baixos níveis de corrente elétrica, e proporcionar  a estimulação elétrica das fibras remanescentes do nervo auditivo (Costa AO,1998). O processo  pelo qual é determinadoContinuar lendo “Mapeamento do Implante Coclear”

Preservação Auditiva e Implante Coclear

Como bem sabemos,  o implante coclear (IC) é indicado para restaurar audição em pacientes com perda audição neurossensorial severa-profunda ,quando os aparelhos auditivos convencionais não são eficazes. Com os avanços contínuos na tecnologia dos implantes cocleares e devido aos excelentes resultados obtidos nos pacientes implantados, os critérios de indicação do IC estão cada vez maisContinuar lendo “Preservação Auditiva e Implante Coclear”

Coceira no Ouvido

Possíveis causas e tratamento da coceira no ouvido A coceira no ouvido é um problema bastante desconfortável e é uma queixa muito comum. É importante lembrar que coçar os ouvidos com o dedo ou objetos pode ser perigoso. As causas responsáveis pela coceira no ouvido podem ser diversas e o tratamento vai depender de cadaContinuar lendo “Coceira no Ouvido”

Teleaudiologia: a contribuição do acesso remoto nos casos de implante coclear – uma revisão sistemática

Introdução: A teleconsulta pode ser benéfica em diversos aspectos: social, econômico, terapêutico
e normativo. Na audiologia, a realização da teleconsulta vem sendo bastante estudada em alguns
serviços, principalmente, na programação remota de usuários de Implante Coclear. Objetivo: Investigar
a aplicabilidade, vantagens e desvantagens da teleconsulta em audiologia para os usuários de Implante
Coclear. Método: Trata-se de pesquisa de revisão sistemática em que foram realizadas buscas nas
bases de dados sem limitação de ano. Foram selecionados e incluídos, somente estudos de intervenção
não randomizados, estudos descritivos e estudo de caso. Para leitura na íntegra, foram avaliados os
procedimentos de aplicabilidade da teleconsulta, descrição dos pontos positivos pelos pacientes,
profissional ou entre profissional e paciente, além da descrição de suas desvantagens. Resultados:
Foram incluídos quatorze estudos, da língua inglesa e português do Brasil. Foram encontrados estudos
de seguimento remoto nos seguintes casos: mapeamento, testes de fala (mensurações de níveis T e C),
técnicas e configuração de plataformas remotas e orientações fonoaudiólogicas. Conclusão: Há diversas
maneiras que possibilitam o sucesso do Implante Coclear na teleconsulta como mapeamento e orientações.


Fale conosco

Envie para a gente algum tópico que você queira que abordemos aqui em nosso blog. Estamos aceitando sugestões, dúvidas e parcerias. Entre em contato com a gente.

cocleativablog@gmail.com

Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada

%d blogueiros gostam disto: